Logo del Museo del Ciclismo

História do Wanderley Magalhães

A história do atleta Wanderley Magalhães se confunde com a própria história do ciclismo de Goiás, estado que sempre procurou representar com muita garra e, acima de tudo, com muito amor, quer seja nas competições regionais ou internacionais. Foram 15 anos de muita luta e desafios onde as conquistas passaram a fazer parte de seu dia - a - dia .

BIOGRAFIA

WANDERLEY MAGALHÃES AZEVEDO , nasceu em Goiânia - Goiás no dia 08/10/66. filho de Ancelmo Fernandes Azevedo e Maria das Graças Magalhães Azevedo, possui 3 irmãos , Paulo , Tonny e Valéria , sendo ele o mais velho. Casado com Marlene e pai de 2 filhos, Ancelmo e Thiago , estudou até o 2º grau completo.
No ano de 1980 começou a competir em sua cidade natal pelo clube da família o Magalhaes E.C , pedalou nestes 15 anos mais 400 mil km , sendo 2 anos como profissional na Bélgica , conseguindo assim participar da mais tradicional prova do mundo - A Volta da França , de 2 Olimpíadas (Seul-1988 e Barcelona - 1992) 11 Campeonatos Mundiais, Jogos Pan-americanos e Sul Americanos , além de obter vitórias nas principais provas da América do sul. No Brasil foi campeão Brasileiro diversas vezes , foi Tricampeão da tradicional prova de "9 de julho".

Todos estes anos lhe deram uma experiência muito grande no que diz respeito a treinamentos, alimentação, cuidados médicos, exercícios físicos etc.

Após encerrar a carreira de atleta , iniciou a de publicitário e promotor de eventos esportivos, realizando desde 1995 grandes eventos no estado de Goiás, como: Desafio Internacional de Ciclismo, Volta Ciclística de Goiás e Taça Wanderley Magalhães de Bairros (evento realizado na periferia de Goiânia, onde se leva as classes menos favorecida a oportunidade de competir e quem sabe se um dia tornar-se um campeão).

CONQUISTAS DE UM GRANDE CAMPEÃO

1980 - Torna-se ciclista oficial da ADC Transportadora Útil, empresa da família, apoio decisivo para que conquiste o oitavo lugar no campeonato goiano;
1981 - Campeão goiano pela primeira vez, quarto colocado no Campeonato Brasileiro categoria Elite;
1982 - Campeão dos "100 Km de Brasília", Bicampeão Goiano, Campeão do Torneio Centro-Oeste;
1983 - Terceiro colocado na prova da Inconfidência, terceiro lugar no Pan-Americano da Venezuela, sua primeira participação internacional, trazendo três medalhas de prata para o Brasil;
1984 - Décimo lugar no Mundial de Ciclismo Júnior, disputado na França, onde, devido ao seu desempenho, é convidado para um período de estágio na equipe Peugeot, quando conquistou duas brilhantes vitórias; campeão da Taça Brasil, campeão brasileiro de Resistência e Pista; Bicampeão dos "100 Km de Brasília";
1985 - Campeão da III Copa Amazônia Internacional; vice campeão Paulista de Resistência; campeão da Volta do Chile por equipe; vice campeão Pan Americano no Uruguai, estágio da quatro meses na equipe Renault (França);
1986 - Campeão da Rutas de América, no Uruguai; Campeão do Grande Prêmio de Interlagos; quinto lugar na 48a. Volta de Portugal; terceiro colocado na Volta Internacional do Chile;
1987 - Vitórias em provas internacionais na França, Espanha, Bélgica, Portugal, Itália e Áustria; participação no Mundial da Áustria; quarto lugar no Pan-Americano de Indianápolis (EUA);
1988 - Participação nos Jogos Olímpicos de Seul; terceiro lugar no Circuito Internacional de Ciclismo, na Califórnia (EUA); campeão do GP de Misuwhome (Bélgica); campeão da Volta de Santa Catarina; vice-campeão da 44a. prova 9 de Julho; integrou a Seleção Brasileira da Volta da Paz (Polônia);
1989 - Campeão do GP Caloi, no autódromo de Jacarepaguá; campeão da 45a. prova 9 de Julho; campeão da Groot Peersel e Knokke Heistm na Bélgica; campeão dos GPs de Kester, Koksidje, Lessen, Ellezelles, Lennik, Gooik, Zottegen e Thuin, todos na Bélgica; vencedor de quatro etapas da Volta do Chile; campeão da décima etapa da Volta de Portugal; integrante da Seleção Brasileira no Campeonato Mundial da França; estabeleceu o tempo de 5h57min37seg. no percurso Brasília-Goiânia;
1990 - Bicampeão da Caloi Fórmula 1, em Interlagos; campeão de uma etapa da Rutas de América (Uruguai); campeão do GP Hollain (França); bicampeão da 46a. prova 9 de Julho; participou do Mundial de Ciclismo no Japão; detentor do recorde do percurso Brasília-Goiânia, com o tempo de 5h.23'45".
1991 - Tricampeão do GP Caloi na Fórmula 1, em Interlagos; tricampeão da 47a. prova 9 de Julho; medalha de Bronze no Pan-Americano d Cube; 13o. colocado no Mundial de Stuttgart, na Alemanha; estágio na Europa, com participações em provas na Bélgica, Holanda, Espanha e França; bicampeão da Volta de Santa Catarina; campeão de duas etapas da Volta do Chile;
1992 - Pentacampeão do Torneio de Verão; vice-campeão da 48a. prova 9 de Julho; campeão dos GPs Templeuve e Grammont, na Bélgica; 23o. colocado nos Jogos Olímpicos de Barcelona, na prova de Resistência.

PROVAS DISPUTADAS COMO PROFISSIONAL

1993 - Campeão do GP Merbs le Chateau, na Bélgica; GP Naquera; Troféu Luiz Puig; Tour de Valência; Tour der Murcia, todos na Espanha; GP Harelbeke (Bélgica); GP Rennes, GP Denaine e Paris-Roubaix, na França; GP Veenedal, Holanda; Volta de Luxemburgo; Tour da Calábria, Itália; Campeonato Mundial, na Noruega; Milão-Turin, na Itália;
1994 - Tour de Bességes, Paris-Camanbert, Tour de Vendeé, 4 Dias de Dunkerque, Criterium Dauphine Libere, Rutas do Sud e Volta da França; Troféu Laiguegliam Itália; GP Veenendal, Holanda; GP Frankfurt, Alemanha; GP Gippingen, Suiça, GP Wallonie, Bélgica;

inviato da:
equipe magalhaes de ciclismo